Comitê da Alta Noroeste Paulista para
a Década da Cultura de Paz
RELATÓRIO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM 2004



Construindo Cultura de Paz

Em novembro de 2001 após sucessivos encontros para a realização de um evento em
praça pública, "A Paz Pede Parceiros," que reuniu mais de 400 pessoas em uma manhã de
domingo, foi solicitado por um grupo de diretoras e coordenadoras de 9 escolas municipais
e algumas entidades, que iniciássemos um trabalho de Educação para a Paz em torno dos
Valores Humanos e Cidadania Responsável.

A Associação Palas Athena, com sede em São Paulo, generosamente acolheu a proposta
educativa, fornecendo o material para o trabalho e o livro "Paz – Como se faz? Semeando
Cultura de Paz nas Escolas," Lia Diskin e Laura Gorresio Roizman.

Em março de 2002 iniciou-se em Birigui, SP – Educadores da Paz – Programa de Formação
de Educadores em Cidadania, Ética e Valores Universais, junto a 15 escolas da rede
municipal de ensino e 5 entidades que prestam serviços educacionais à comunidade
atendendo 3.840 crianças.

As reuniões quinzenais, deram origem à palestras e conferências oferecidas ao público em
geral.

Em março de 2003 o programa, voluntário, teve início em Araçatuba também gerando
iniciativas e atendendo solicitações de diversas grupos preocupados com a questão da
violência social.

Frente a este programa, mais uma vez fomos acolhidos pela Associação Palas Athena que
sugeriu que implantássemos em Araçatuba e região o Comitê para a Década da Cultura de
Paz.

Lembrando que em abril de 2000, lançamos na Câmara dos Vereadores de Araçatuba o
Manifesto 2000 angariando assinaturas de adesão aos 6 princípios do Manifesto: respeitar
a vida, rejeitar a violência, ser generoso, ouvir para compreender, preservar o planeta,
redescobrir a solidariedade.

Atendendo ao número crescente de solicitações, com o propósito de criar um espaço de
encontro entre os diversos setores da sociedade, interessados em ações e reflexões,
contribuindo nos programas já existentes de Construção de Cultura de Paz na cidade e
região, iniciamos o Comitê da Alta Noroeste Paulista para Década de Cultura de Paz, na
Casa do Advogado de Araçatuba à rua Wenceslau Braz n° 5, que gentilmente cedeu o
espaço , na pessoa do Dr. Caio de Paula e Silva, Juiz e Presidente da OAB, em Novembro
de 2003.

As reuniões e fóruns, oferecidos ao público em geral, sempre orientadas para o bem-
comum incentivando ações capazes de transformar valores, atitudes, comportamentos e
estruturas geradoras de violência em ambientes e dinâmicas solidárias, saudáveis e
criativas.

Documentários em vídeos têm sido utilizados para instrumentar os participantes na
compreensão de conceitos como não-violência, diálogo, mediação, negociação e
mobilização pacífica para transformação e justiça social.

A cada 15 dias, os membros do Comitê se reúnem para traçar linhas de ação e realizar
Fóruns temáticos, com especialistas nas mais diversas áreas que estejam trabalhando
efetivamente na construção de uma Cultura de Paz.

Sendo a Paz um valor inclusivo, e a Cultura o modo coletivo de sentir, pensar e agir, a
Cultura de Paz requer novas formas de convivência e mecanismos mais justos de
distribuição da riqueza e do saber. Ela estimula conexões, desafia nossa capacidade
criadora de soluções práticas, sustenta os processos de mudança de consciência que por
sua vez, exigem o empoderamento de cada indivíduo para a construção de uma cidadania
planetária baseada na responsabilidade universal.

No dia 04/11/2003, iniciou-se a primeira reunião do Comitê da Alta Noroeste Paulista para
a Década da Cultura de Paz, na Casa do Advogado de Araçatuba, cujos trabalhos estão
sob a coordenação do Interação – Educação Corporal e Integração Humana, vinculado à
Associação Palas Athena de São Paulo.


Datas das doze reuniões temáticas e de gestão realizadas entre 2003 e 2004:

Terças-feiras, às 18 horas, na Casa do Advogado de Araçatuba, SP:

04 de Novembro de 2003
09 de Dezembro de 2003
03 de Fevereiro de 2004
17 de Fevereiro de 2004
16 de Março de 2004
13 de Abril de 2004
15 de Maio de 2004
08 de Junho de 2004
10 de Agosto de 2004
14 de Setembro de 2004
19 de Outubro de 2004
23 de Novembro de 2004

Estas reuniões deram origem aos Nove Fóruns oferecidos ao público em geral, em atenção
aos pedidos recebidos para aprofundar temas e levantar questões de interesse de vários
setores da sociedade. Estes Fóruns tiveram em média de público de 30 pessoas.

Documentários em vídeos foram utilizados para instrumentar os participantes e na
compreensão de conceitos como não-violência, preconceito e movimentos pacíficos de
transformação e justiça social:

Biografia de M. Gandhi, o homem que encorajou as pessoas a enfrentar a brutalidade e o
abuso com calma e resistência pacífica organizada.

Olhos Azuis: Mostra ao vivo a atuação da educadora norte-americana Jane Elliot, que à
partir da morte Martin Luther King inicia com seus alunos de ensino fundamental a
aplicação de um método criado por ela para conscientizar as pessoas sobre o racismo na
sociedade e dentro delas mesmas. A partir dessa experiência inicial com crianças, ela
continua até os dias de hoje seu extraordinário trabalho com adultos.


Nove Fóruns: datas, temas e palestrantes
1º- 25/12/2003- Modelo Mental e Modos de Pensar
Maria Elvira Ribeiro Tuppy;

2º- 02/03/2004- A Verdadeira Atuação do Judiciário
Dr. Émerson Sumariva Júnior

3º- 30/03/2004- O Terceiro Setor e a Cultura de Paz
Drª Carla Maria Zamith Boin Aguiar

4º- 27/04/2004- Por Uma Humanização do Atendimento à Saúde
Georg H. Tuppy

5º- 25/05/2004- a Fundação Estadual do Bem-Estar do Adolescente, Febem- S.P.,Unidade
Araçá e a Construção da Cultura de Paz
Rosângela Martinez Proto

6º- 22/06/2004- "Ética"
Frei Ismael Martignago

7°- 24/08/2004- "Por Uma Reconstrução do Humano",
Dr Vilson Dispoti

8º- 28/09/2004- "Qualidade de Vida, Bem-Estar e Cultura de Paz",
Omar Augusto Miquinioty Júnior

9º- 09/11/2004- "Semeando Cultura de Paz -Uma Experiência em Educação"
Áurea Esteves Serra


Desdobramentos

O primeiro desdobramento ocorreu na reunião de Gestão no dia 13/04/2004 com a
proposta de criação de uma Central de Voluntariado na Construção de Cultura de Paz,
estabelecendo um trabalho conjunto entre as entidades que necessitam de voluntários e
pessoas que se disponibilizam aos diversos serviços voluntários, todos recebendo
capacitação na Construção de Paz em base aos 6 princípios do Manifesto 2000.

O segundo desdobramento ocorreu com a participação na 45ª Exposição Agropecuária de
Araçatuba, em espaço cedido para apresentar ao público as ações de Construção de
Cultura de Paz; Programa Educadores da Paz; A Paz Pede Parceiros, Central de
Voluntariado, Comitê da Alta Noroeste Paulista Para a Década de Cultura de Paz e o
Manifesto 2000.

O terceiro desdobramento ocorreu com o convite a participar de um seminário com o tema
"Ética na Política", que ocorreu no dia 25 de Junho de 2004 às 19h 30' na Câmara Municipal
de Araçatuba.


Confiantes na riqueza que pode gerar este trabalho conjunto, assino o presente aos dias
24 de Novembro de 2004.



Maria Elvira Ribeiro Tuppy
p/ Comitê da Alta Noroeste Paulista para a Década da Cultura de Paz

voltar
Relatório
2005
Fale conosco