57º Fórum do Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
- um programa da UNESCO -


O Cosmos, a Terra, o Ser Humano
Celebração do Dia Internacional da Ecologia e do Meio Ambiente

Profs. Paulo Gomes Varella e Regina Auxiliadora Atulim

Um vasto e instigante horizonte se abre diante de nós quando hoje
contemplamos – a partir dos novos conhecimentos oferecidos pela
astrofísica, geologia, biologia e paleontologia – a interdependência
entre o cosmos, o meio-ambiente terreno, a cultura e os seres vivos.
Vai surgindo uma nova consciência de quem somos, do nosso lugar
nesse universo que nos originou e acolhe, e de nossa responsabilidade
diante da vida.

Tendo aprendido a separar em compartimentos os saberes sobre nós
mesmos e sobre o mundo, criamos uma cosmovisão de isolamento,
voltada para um universo exclusivamente humano. Surpresos, agora
abrimos os olhos para o fato de que todas as nossas partículas foram
formadas há 15 bilhões de anos, de que nossos átomos de carbono se
constituíram em um sol anterior ao nosso, de que nossas moléculas
nasceram na Terra e talvez tenham chegado aqui através de
meteoritos. Enfim, percebemos que o grande cosmos abraça nosso
nascimento e nosso futuro.

Essa mudança de atitude – de uma visão antropocêntrica para uma
orientação biocêntrica, cosmocêntrica, na qual o universo e a Terra são
as referências fundamentais – é uma transformação radical. Trata-se
de uma aventura inédita, na qual vamos dando os primeiros passos,
seguindo em direção à descoberta de como promover a saúde da Terra
e de seus habitantes, a melhoria geral da qualidade de vida e os
valores da cultura de paz, que viabilizarão o futuro da vida no nosso
pequeno planeta azul.

Neste fórum – que celebra o Dia Internacional da Ecologia e do Meio
Ambiente – teremos a oportunidade de partilhar de conhecimentos
científicos preciosos, que nos remetem diretamente à nossa origem e
identidade humana e à nossa responsabilidade diante da
interdependência entre nós e o vasto meio – natural e cultural – de
onde viemos.

Paulo Gomes Varella - geólogo (IG-USP). Professor de Astronomia do Planetário e Escola
Municipal de Astrofísica de São Paulo desde 1976. Foi chefe do Observatório Astronômico da
Escola Municipal de Astrofísica de 1991 a 2002. Autor do livro Reconhecimento do Céu, de cartas
celestes, entre outros. É Diretor Geral do Observatório Céu Austral desde 1987. Membro da
Sociedade Astronômica Brasileira (SAB). Regina Auxiliadora Atulim - física. Professora de
Astronomia do Planetário e Escola Municipal de Astrofísica desde 1992 e Chefe da Seção Técnica
de Programação e Operação do Planetário de São Paulo de 1995 a 2002. Produziu todos os
programas veiculados de 1995 a 1999 nas apresentações públicas e escolares do Planetário.
Autora e co-autora de artigos e publicações de Astronomia. Diretora Científica do Observatório
Céu Austral
desde 1990. www.ceuaustral.pro.br


ENTRADA FRANCA

5 de junho de 2007 - terça-feira - 19 horas

Auditório do MASP - Museu de Arte de São Paulo
Av. Paulista, 1.578 - São Paulo - SP
(Estação Trianon-Masp do Metrô)

Informações: Palas Athena (11) 3266-6188

Realização: Comitê Paulista para a Década da Cultura de Paz
voltar